União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

SOBRE O CASAMENTO - O Livro dos Espíritos

695. O casamento, ou seja, a união permanente de dois seres é contrária à lei da Natureza R) — É um progresso na marcha da Humanidade.

696. Qual seria o efeito da abolição do casamento sobre a sociedade humana? R) — O retorno à vida dos animais.

Comentário de Kardec: A união livre e fortuita dos sexos pertence ao estado de natureza. O casamento é um dos primeiros atos de progresso nas sociedades humanas, porque estabelece a solidariedade fraterna e se encontra entre todos os povos, embora nas mais diversas condições. A abolição do casamento seria, portanto, o retorno à infância da Humanidade e colocaria o homem abaixo mesmo de alguns animais que lhe dão o exemplo das uniões constantes. Jesus disse que Moisés somente permitiu carta de divórcio às mulheres, não que isto seja natural, e da vontade de Deus, mas foi pela dureza dos corações envolvidos.