União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

A POLUIÇÃO MENTAL

Com o crescente interesse dos diversos segmentos sociais pelos problemas ambientais, cada vez mais aspectos dessa questão têm merecido a devida atenção. O uso indiscriminado e predató- rio dos recursos naturais, atendendo a interesses que vão além das necessidades humanas, é claramente motivado por intenções obscuras – basta que se vejam a indústria bélica, a das drogas, do cigarro, de bens de consumo supérfluos, assim como os efeitos devastadores que têm provocado no planeta e nos seres que aqui vivem

A poluição ocorre nas diversas atividades humanas e se apresenta sob diferentes formas: atmosférica, visual, sonora, nuclear, da água, do solo, todas elas afetando negativamente o ambiente, prejudicando o equilíbrio, a harmonia e a saúde individual e coletiva, da atual e das futuras gerações.

Digna de nota e não menos importante é a poluição mental, que é, de certa forma, causa ou agravante de todas as outras, pois tudo se inicia no campo das ideias.

Os pensamentos, que possuem poder criador, podem ser destrutivos, dependendo do seu conteúdo e do rumo que for dado às cria- ções mentais e sua consequente materialização.

Segundo uma perspectiva espiritualista, a mente humana é um receptor e transmissor de ondas e frequências de diversas naturezas. O ser humano, pelo seu pensar, gera energias mentais que se propagam, influenciando a todos os que com elas sintonizem. Portanto, pensamentos negativos e perturbadores são uma forma de poluição mental, a qual tem saturado o campo psíquico do nosso planeta com energias densas e doentias. Isso é facilmente verificável, bastando-se prestar atenção ao teor do que se propaga nas redes de comunicação e ao que ocorre no mundo contemporâneo.

A literatura espírita, particularmente a mediúnica, é rica de ensinamentos e exemplos do poder criador do pensamento, bem como das consequências, imediatas ou tardias, das emissões mentais. O Espiritismo nos traz claras e preciosas instruções quanto ao uso adequado das faculdades mentais, a fim de que contribuam na purificação individual e, consequentemente, planetária, favorecendo a mais breve transição da Terra para a condição de mundo de regeneração, conforme tem sido anunciado amplamente pelos sábios orientadores da humanidade.

 

André de Paiva Salum